Administração de Jô Silvestre não paga AvarePrev e tem contas do FPM bloqueadas

A Bigorna 10/02/2020 15:00:00 2934 visualizações
# legenda: Administração de Avaré

A administração de Jô Silvestre (PTB) vem há tempos atrasando o pagamento a AvarePrev (repasse patronal) que é obrigação de a Prefeitura manter em dia, mas dessde que assumiu Silvestre não vem mantendo o acordo.

Deste modo, a Justiça acatou uma liminar da AvarePrev (Caixa de previdência dos aposentados da prefeitura de Avaré) e bloqueou mais de 2 milhões de reais das contas municipais.

O FPM (Fundo de Participação dos Municípios) que a cidade recebe todo o mês está bloqueado. Todo o dinheiro que a prefeitura receber do FPM será destinado a pagar os atrasados da AvarePrev.

O acordo foi realizado na gestão Poio Novaes, e Jô Silvestre não honrou com o acordo, o que motivou a diretoria da AvarePrev ingressar na Justiça.

O caso pode gerar repercussão mais grave ainda, já que o pagamento dos funcionários municipais poderá ser afetado, caso a administração de Jô Silvestre não consiga toda a verba para destinar ao pagamento dos funcionários públicos de Avaré.

Para o presidente do Sindicato dos Servidores e funcionários Públicos de Avaré, Leonardo E. Santo, o fato reflete a maneira de governo de Jô Silvestre, o qual não prioriza os servidores municipais.

Jô Silvestre inicia o ano de 2020 com mais um problema, e sua forma de governar mais uma vez demonstra que a administração não tem os olhos voltados aos funcionários municipais.

Desde que assumiu, Silvestre (que prometeu em campanha valorização dos funcionários municipais) não pagou em dia os servidores, além de ainda não reajustar os salários.

 

 

 

 

 

Contato:

WhatsApp (14) 9.9705-7070
Fone: (14) 9.9705-7070
Email: contato@jornalabigornaavare.com.br