• Avaré: Vacinação contra a Covid-19 incorpora novos grupos prioritários

    Saúde Pública
    2504 Jornal A Bigorna 11/05/2021 20:20:00

    A Secretaria Municipal da Saúde comunicou na data de hoje, 11, o calendário atualizado de vacinação contra a Covid-19.

    A etapa está dividida da seguinte maneira:

    Idosos com 60, 61 e 62 anos: a partir de 06 de maio;

    Pessoas com Síndrome de Down (18 a 59 anos): a partir de 10 de maio;

    Pacientes Renais em diálise e hemodiálise – Terapia Renal Substitutiva (18 a 59 anos): a partir de 10 de maio;

    Transplantados de órgãos sólidos e medula óssea (18 a 59 anos): a partir de 10 de maio;

    Profissionais da Educação (segunda dose): a partir de 10 de maio;

    Profissionais de Saúde (primeira dose): a partir de 10 de maio;

    Grávidas e puérperas com comorbidades (acima de 18 anos): a partir de 11 de maio;

    Pessoas com deficiência permanente (BPC): a partir de 11 de maio;

    Pessoas com comorbidades (55 a 59 anos): a partir de 12 de maio;

    Motoristas e cobradores: a partir de 18 de maio.

    Locais de vacinação

    A vacinação ocorre de segunda a sexta-feira nos seguintes locais e horários:

    Posto do Jardim Vera Cruz (Rua Carmem Dias Faria, s/n) das 8 às 11 e das 13 às 16 horas;

    Drive-thru no Parque Fernando Cruz Pimentel (Emapa) das 8 às 11 e das 13 às 16 horas;

    Posto da Brabância (Praça Armando de Paula Assis, s/n) das 8 às 11 horas.

    Já os profissionais da Saúde são imunizados no posto João Carvalho (Parque Santa Elizabeth) das 13 às 16 horas. O endereço é Rua Saul Bertolacini, s/n. É preciso apresentar a carteira profissional ou carta de estágio.

    Comprovante médico

    Pessoas com Síndrome de Down, pacientes renais, transplantados e pessoas com comorbidades devem levar carta médica, exame ou um comprovante que contenha o CRM do médico.

    Isso porque é necessário digitar o número do documento no sistema. Quem não apresentar o CRM do médico não poderá receber a dose.

    Também é preciso apresentar o extrato do BPC para receber a vacina. É importante ainda levar CPF, cartão SUS e comprovante de residência para a vacinação.

    A Saúde ressalta que não há necessidade de aglomeração, já que a etapa acontece durante toda a semana.

    Para evitar filas e aglomerações é importante fazer o pré-cadastro no site vacinaja.sp.gov.br.

    Profissionais da Educação (segunda dose)

    Profissionais da Educação recebem a segunda dose da vacina contra a Covid-19 entre 10 e 13 de maio na EMEB Salim Antonio Curiati (Rua Antônio Ferreira Inocêncio, 394, Vila Martins I). O atendimento é das 8 às 11 e das 13 às 16 horas.

    A vacinação é realizada da seguinte forma:

    Período da manhã: profissionais da rede municipal de ensino;

    Período da tarde: profissionais da rede federal, estadual e privada.

    A imunização vai seguir a ordem alfabética, sendo:

    Segunda-feira: Letras A, B, C, D, E e F

    Terça-feira: G, H, I, J, K, L e M

    Quarta-feira: N, O, P, Q, R e S

    Quinta-feira: T, U, V, W, X, Y e Z

    Os profissionais da Educação devem apresentar o comprovante de vacinação (Cartão Verde) e documento de identificação com foto e CPF para conferência dos dados pelo profissional de saúde.

    Para evitar filas e aglomerações é importante fazer o pré-cadastro no site vacinaja.sp.gov.br, recomenda a pasta.

    “A vacinação é uma estratégia coletiva de combate à pandemia. Faça sua parte: tome a vacina que está sendo oferecida. É muito importante comparecer para receber a segunda dose. Uma dose só não garante a proteção”, ressalta a Secretaria Municipal da Saúde.

    Suspenção

    Governo Estadual suspendeu vacinação contra Covid-19 em gestantes com comorbidades

    O Plano Estadual de Imunização (PEI) contra a Covid-19 decidiu suspender temporariamente a vacinação de gestantes com comorbidades prevista para começar nesta terça-feira, 11, em todo o estado.

    A decisão está baseada no comunicado emitido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na noite de segunda-feira, 10, sobre efeitos adversos causados pela vacina da AstraZeneca/Fiocruz no grupo prioritário.

    Novas orientações serão comunicadas após pareceres técnicos do Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde e da Anvisa.

     

    OUTRAS NOTÍCIAS

    veja também