Em mais um ato, professores protestam contra governo Jô Silvestre

A Bigorna 11/10/2020 10:10:00 1610 visualizações
# legenda: Administração de Avaré

No último sábado, dia 10 de outubro, um grupo de professores da rede municipal de ensino de Avaré voltaram a protestar contra a Prefeitura, pelo não cumprimento de direitos que vinham recebendo desde 2011.

Os professores e ADIs (Auxiliares de educação infantil) ficaram em fila andando em volta do Largo são João, demonstrando a indignação pela retirada do adicional de qualificação, o qual teve parecer favorável pela continuidade pelo Tribunal de Contas de SP, pela equipe técnica do Fundeb e pela Procuradoria Geral do município.

Após os pareceres, Jô Silvestre fez um decreto que voltaria a pagar, contudo sem qualquer explicação plausível revogou o decreto.

A insatisfação contra a decisão da Prefeitura em retirar o adicional de qualificação dos professores que, desde 2011, recebem em seus salários corresponde a 13% sobre o salário-base. O adicional de qualificação está incluso no Plano de Carreira e Remuneração da Educação Básica.

Professores ouvidos pela Reportagem disseram estar indignados com a situação que vem ocorrendo.

O Sindicato impetrou um mandado de segurança contra o ato de Jô Silvestre, para que o adicional volte a ser pago. Essa é a segunda manifestação dos professores em uma semana.

Contato:

WhatsApp (14) 9.9705-7070
Fone: (14) 9.9705-7070
Email: contato@jornalabigornaavare.com.br