• Tanque próprio dobra capacidade de oxigênio do Pronto-Socorro de Avaré

    1198 Jornal A Bigorna 20/01/2022 13:00:00

    O Pronto-Socorro (PS) de Avaré passou a contar um tanque próprio de oxigênio medicinal, ampliando a capacidade da unidade para atender pacientes que precisam do suprimento.

    O equipamento foi instalado no início de janeiro. Essa é a primeira vez que o PS tem um reservatório desse porte, informa a Secretaria Municipal da Saúde.

    A unidade tem agora à disposição aproximadamente 1800 metros cúbicos de oxigênio, o dobro da capacidade fornecida anteriormente pelos cilindros.

    As duas baterias compostas por nove cilindros cada chegaram a durar apenas quatro horas no auge da pandemia do coronavírus, explica o setor.

    Além de logisticamente complicada, a substituição era arriscada e exigia a mobilização permanente de servidores.

    A opção pelo novo sistema facilitou o acesso ao insumo, além de representar uma economia para o município e mais segurança para os pacientes.

    Tecnologia

    O reservatório é monitorado remotamente por funcionários do PS e pela empresa que fornece o produto.

    A tecnologia impede que o oxigênio se esgote, já que o tanque será reabastecido toda vez que o nível chegar a 40% da capacidade.

    A pasta ainda não obteve uma média em relação ao consumo, mas a expectativa é que o produto dure várias semanas.

    Os cilindros permanecem no PS, mas só serão utilizados em caso de necessidade, informa a administração da unidade.

    OUTRAS NOTÍCIAS

    veja também