Palanque do Zé #35 - Você sabe porque o bairro Brabância tem esse nome?

Zé Renato 16/02/2020 11:50:00 504 visualizações

Cerca de 20 dias atrás, minha madrinha Ursula comentou que o bairro Brabância, em Avaré, tem esse nome porque o pai do nosso Companheiro de Rotary Club de Avaré, Paul Anton Joseph Bannwart, queria homenagear a esposa.

Certa feita, Dr. Arnaldo Bannwart comprou a então Fazenda Santa Tereza do Pinhal, da Família Sampaio. O ano era 1937.

Foi então que o médico formado na Universidade da Basiléia, em Basel, na Suíça, pensou: Dona Bertha Bannwart veio do Ducado de Brabante, então vamos chamar a Fazenda de Brabância. Posteriormente a propriedade foi loteada, mas o nome permaneceu.

Referido Ducado existiu onde hoje se localiza o sul dos Países Baixos e o norte da Bélgica atual.

Certo. Mas onde ficam os Países Baixos? Pois saiba que esse é o "novo" nome oficial da Holanda!

A partir de agora, eles só querem ser chamados assim. A coisa está sendo levada tão a sério, que o site oficial de turismo do País deixará de ser Holland.com, a seleção de futebol será promovida como Países Baixos, e também nas Olimpíadas de Tóquio desse ano, não ouviremos mais falar em Holanda.

Mas cor laranja continuará sendo a oficial da Nação, ao menos.

O assunto é complexo, e os motivos para a mudança são diversos, mas não cabe colocá-los aqui. Se você quiser saber mais, basta clicar no link: https://www.bbc.com/portuguese/geral-49958501

 

Voltando ao nosso assunto, a Brabância cresceu tanto, que hoje é um dos bairros mais populosos e importantes de Avaré. Ele não é tão grande quanto as pessoas dizem. Mas, como sempre, os populares costumam chamar os locais menos importantes, com o nome do bairro importante mais próximo.

No caso, os bairros vizinhos à Brabância são: Parque Residencial Gilberto Filgueiras I e II (Sul), Vila Rio Novo (Norte), Vila Cidade Jardim (Oeste) e Loteamento Terras de São José (Leste).

Uma curiosidade é que não existe uma única “Brabância”, pois temos o Jardim Brabância, o Parque Residencial Brabância I e a Brabância em si.

 

--- -- ---

 

Para encerrar este artigo, gostaria de agradecer a inestimável ajuda de Paul e sua esposa Eliana Bannwart, que me cederam informações e os arquivos da família. Sem a ajuda de vocês, esse texto não existiria.

 

Contato:

WhatsApp (14) 9.9705-7070
Fone: (14) 9.9705-7070
Email: contato@jornalabigornaavare.com.br