Palanque do Zé #6: Como não ser a próxima vítima dos hackers

Zé Renato 29/07/2019 07:30:00 1341 visualizações

Já estamos ouvindo há algum tempo, que diversas autoridades brasileiras foram hackeadas. Os presidentes da República, da Câmara e do Senado, além dos ministros da Justiça e Economia são algumas das vítimas.

E nessa hora você já deve estar pensando: Se hackearam gente importante, então sou um alvo fácil! Pois é. Mas também não é alguém vulnerável acima da média, por ser desconhecido do grande público. Em resumo, a regra é simples. Se você não for rico e nem importante, provavelmente não vão te ver como uma vítima em potencial.

O que nos leva à segunda hipótese, a da vala comum, onde nós, reles mortais podemos ser atingidos. Aqui, o princípio dos hackers é o mesmo do pescador: o que cair na rede, tá valendo. Ou seja, eles não têm um alvo predefinido.

O objetivo desse artigo não é se aprofundar no tema e nem sequer propor uma solução mirabolante, tal como te convencer a comprar um celular criptografado ou a fazer a instalação de programas complicados de serem operados e etc.

A internet, tal como a vida, não é um paraíso. Para navegar pela rede, assim como para andar pelas ruas das nossas cidades, é preciso tomar alguns cuidados. Se você seguir as minhas dicas, vai dar tudo certo. É mais ou menos como diz uma amiga: Vai na minha que é sucesso!

Sem mais delongas, vamos ao passo a passo:

Nunca, jamais, em hipótese alguma, clique em links suspeitos, abra e-mails de fontes desconhecidas ou faça downloads de materiais pornográficos ou piratas no mesmo dispositivo em que você acessa o site do seu banco, faz compras online ou trabalha. Lembra que sua avó dizia para não comer a carne onde se ganha o pão? Então, ela estava certa...

Nunca acesse redes públicas de wi-fi. Afinal, você paga a internet do seu celular pra que?

Nunca use senhas fáceis para os sites que acessa. E muito menos as repita em outros lugares ou as repasse para terceiros. Uma boa senha deve ter de 6 a 8 caracteres, incluindo letras maiúsculas e minúsculas, caracteres especiais e números. Por exemplo: "*9xB>n?,". Sim, eu sei que você não vai se lembrar de uma senha maluca dessa, para cada site que precisar se logar. É por isso que você precisa fazer uma lista. Ela, naturalmente, precisa ser guardada em um local seguro.

Nem pense em usar a senha acima, ok? Afinal, agora ela já é de conhecimento público. Pela mesma razão que nome da namorada ou do animalzinho de estimação, datas especiais, time do coração, placa do carro e etc, não são boas senhas. Espero sinceramente que, a essa altura do campeonato, você não esteja pensando em usar nada como "0123456789" ou "abcdef". Mas caso esteja, recomece a leitura!

Não acesse sites sensíveis como o do seu banco ou e-mail, clicando em links da internet. Ao invés disso, vá até a barra de endereços do navegador e digite o nome do site que pretende acessar. Isso diminui bem as chances de você ser redirecionado para um site malicioso. Lembre-se. Os hackers não querem difamar pessoas como nós. Eles querem apenas o nosso dinheiro!

Mantenha os seus programas sempre atualizados. Windows XP é coisa do passado, viu? Quem gosta de passado é museu ou mulher vingativa!

Saia de suas contas sempre que estiver logado em um dispositivo que não é só seu. A não ser que você compartilhe o mesmo computador com o seus pais... Afinal, se não for pra confiar nem neles, não há razão para viver!

Tenha apenas um técnico de sua confiança para consertar seus dispositivos. Porque? Esse povo pode adorar aquele nude seu...

Mantenha uma cópia de tudo na nuvem, para evitar perder seus dados em caso de sumiço, roubo, quebra ou invasão hacker, incêndios e alagamentos. Essa dica também é valiosa para casos de pessoas desastradas, que derrubam o copo de Coca Cola no dispositivo!

Evite acessar sites pornográficos ou de pirataria. Blogs e sites de pessoas desconhecidas também não são confiáveis, então tenha cuidado! Aqui voltam os conselhos da vovó: Você pode fazer o que quiser, desde que arque com as consequências depois...

Como dito acima, essas dicas são o básico do básico para você navegar na internet com um nível de segurança razoável. Seja esperto e as coisas tenderão a dar certo.

Não sou especialista em segurança cibernética, mas estou na internet desde quando era tudo mato. Desde antes de o Google ser criado. Eu usava o ICQ para conversar com meus amigos, então tenho alguma noção do assunto, mas é só isso.

Contato:

WhatsApp (14) 9.9705-7070
Fone: (14) 9.9705-7070
Email: contato@jornalabigornaavare.com.br