• testando

    Milei encontra Papa Francisco e o abraça após chamá-lo de “representante do mal”

    502 Jornal A Bigorna 11/02/2024 10:00:00

    Depois de insultá-lo e encenar uma reconciliação, o presidente argentino Javier Milei abraçou hoje o papa Francisco, ao vê-lo pela primeira vez no Vaticano, tendo como pano de fundo a situação política explosiva na sua Argentina natal

    Diante de centenas de fiéis, o ultraliberal Milei curvou-se para cumprimentar e abraçar sua compatriota e sumo pontífice na Basílica de São Pedro, no final da missa de canonização da beata Maria Antonia de Paz y Figueroa, conhecida como Mama Antula (1730 -1799) e primeira santa argentina.

    Os dois líderes também conversaram antes da missa, segundo o Vaticano.

    Milei, um economista de extrema direita que no passado chamou o papa de "imbecil" e "representante do mal", levantou-se quando ele entrou na basílica em uma cadeira de rodas no início da cerimônia, e se ajoelhou na missa durante a consagração.

     

    Foi uma das imagens do dia e o culminar de uma semana agitada para Milei, que viajou para Jerusalém, rezou emocionado no Muro das Lamentações, teve a sua primeira grande crise com o fracasso do seu megapacote de reformas, fez inúmeros insultos aos seus detratores e ainda teve tempo de passear por Roma antes de ver o papa.(Da EFE)

    OUTRAS NOTÍCIAS

    veja também