• Vereadores de Avaré tem discussão acalorada durante Sessão da Câmara

    798 Jornal A Bigorna 19/06/2024 09:00:00

    Discussão acalorada marca sessão da Câmara

    Vereadores de Avaré tiveram ontem, dia 19 uma  discussão acalorada durante Sessão da Câmara que acabou viralizando nas redes sociais.

    O clima começou a esquentar quando o vereador Roberto Araujo fazia uso da palavra, na Tribuna da Câmara, onde o parlamentar tem imunidade parlamentar. Durante sua fala, onde o vereador Roberto Araujo explicava que havia conseguido renovar um convênio para a APAE, porém uma munícipe que acompanhava a sessão do plenário, começou a se manifestar contra o parlamentar, com o intuito de fazer palanque político.

    “Aquela senhora, que está se manifestando, porque apoia outro pré-candidato a prefeito, ela deveria pensar na APAE. Utilize a tribuna para defender a APAE e não o pré-candidato. O que a senhora está fazendo, está envolvendo o nome da APAE de forma negativa. Pare de fazer politicagem barata. Vá defender seu candidato nas ruas, mas não fique usando as crianças da APAE para fazer essa politicagem barata”, disparou Roberto Araujo.

    Enquanto o parlamentar Roberto Araujo enaltecia o convênio que ele conseguiu renovar a favor da APAE, favorecendo 30 crianças carentes, a munícipe bradava em alto e bom som para atrapalhar o discurso do vereador Roberto Araujo, ocasião em que a sessão teve que ser paralisada para que os ânimos se acalmassem. Em seguida o parlamentar Roberto Araujo parabenizou a Santa Casa de Avaré, em nome do Provedor Miguel Chibani e demais funcionários pelos 120 da Santa Casa e finalizou seu discurso lembrando o dia do orgulho autista e afirmou que vai defender essa bandeira até o último dia do seu mandato.

    Em seguida, foi a vez do vereador Marcelo Ortega usar a palavra, onde ele começou a ofender o vereador Roberto Araujo, ocasião em que foi repreendido, porém o vereador Marcelo Ortega continuou denegrindo a imagem do vereador Roberto Araujo, obrigando o parlamentar a se levantar e ir tirar satisfações pessoalmente com o vereador Marcelo Ortega, chamando-o de mentiroso e moleque. Neste momento, iniciou-se uma grande discussão, onde Marcelo Ortega retrucou e a transmissão da Sessão foi interrompida.

    Clima tenso e falta de coordenação de Luiz Cláudio

    O clima ficou tenso até o final da Sessão, já que o presidente da Câmara Luiz Cláudio demonstrou, em tese, não tem competência para coordenar uma sessão camarária, deixando quem assiste a sessão gritar e se manifestar e até mesmo ofender vereador, o que é totalmente proibido pelo regimento interno da Câmara.

    Para muitos políticos, Luiz Claudio deixou a Sessão a entrar em toda essa turbulência , já que deveria ter paralisado a sessão muito antes , para que os ânimos se acalmassem. “Faltou experiência e um pouco de competência do vereador’, disse  à Reportagem um ex-vereador que assistiu a Sessão. É papel do presidente pôr ordem e não deixar quem assiste as sessões fazer o que fizeram.

     

    OUTRAS NOTÍCIAS

    veja também