“Se alguém está pagando pra falar mal do prefeito, está jogando dinheiro fora”

A Bigorna 03/06/2020 11:00:00 1559 visualizações
# legenda: Política

O vereador Toninho da Lorsa, que foi alvo de uma Fake News distribuída por WhatsApp na semana passada, a qual segundo o vereador tal fato é um crime muito grave e não poderia ocorrer com qualquer vereador ou político. Ele foi defendido pelo vereador Alessandro Rios.

Em sua Palavra Livre citou um funcionamento de um Gabinete de Ódio em Avaré, dizendo que políticos inescrupulosos o estão atacando e envolvendo sua empresa nas mentiras distribuídas com intenção de prejudicá-lo.

Em seu pronunciamento Toninho da Lorsa disse ver que os envolvidos nas Fake News de Avaré estão querendo misturar a vida política do vereador com a do empresário e lembrou que esse ‘Gabinete do Ódio’ ataca sem medir as consequências, mostrando uma conotação de que inimigos políticos estão agindo contra ele de forma criminosa.

O vereador enfatizou que sua empresa está com todas as certificações corretas, inclusive com reconhecimento internacional, e que está tomando todas as atitudes para identificar e punir os responsáveis pelo crime de difamação contra ele.

Lorsa citou que o vídeo com o Fake News tem a voz que parece ser de uma mulher já conhecida. “Gravação que inclusive foi mostrada na Câmara onde chamou a atenção dos vereadores”.

O vereador fez uma ironia, onde lembrou um fato em que uma pessoa queria pagar a outra para falar mal do prefeito.

“Não precisa pagar para falar mal do prefeito, para isso existem centenas de pessoas que já falam, se estão pagando pra falar mal do prefeito, estão jogando dinheiro fora”- frisou o parlamentar.

 

Contato:

WhatsApp (14) 9.9705-7070
Fone: (14) 9.9705-7070
Email: contato@jornalabigornaavare.com.br