Alea jact est_ Chatô

A Bigorna 28/09/2020 09:00:00 1048 visualizações
# legenda: Artigo

Os candidatos a prefeito e a vereador de nossa querida e amada Avaré começaram a fazer a campanha eleitoral neste domingo (27) com os novos desafios impostos pela pandemia do novo coronavírus.

A necessidade do distanciamento social e das regras sanitárias fará com que o corpo a corpo nas ruas seja substituído pelo engajamento nas redes sociais.; este escriba não possui rede social, mas grande maioria dos eleitores possuem, o que  neste caso terão acesso aos candidatos mesmo que virtualmente, o que eu precisamente não concordo, mas que respeito a atual situação em que vivemos dias de agonia pandêmica.

Segundo pesquisei em uma revista sobre tecnologia, para evitar o uso indevido das redes sociais na campanha eleitoral, Facebook e Instagram já colocaram em funcionamento um centro de operação virtual para avaliar possíveis casos de fake news e ataques com perfis falsos, por exemplo. O objetivo do grupo é solucionar potenciais problemas identificados pela tecnologia e responder o mais rápido possível, sintetiza a matéria.

O eleitor avareense passará a sentir, gradativamente, o pulsar da disputa eleitoral para prefeitos e vereadores tomar impulso em todos os rincões dos nossos bairros. As propagandas inundarão as redes sociais, televisões e rádios, provocando no cidadão a necessidade de definir-se quanto ao futuro das cidades brasileiras.

Teremos 6 candidatos. Bombeiro Monteiro, Denílson Ziroldo, Professor Sebastião, Christina  Chaddad,  Teresa Fogaça e o candidato a reeleição  Jô Silvestre, quando pensávamos que teríamos no máximo 4; mas a política é um terreno escorregadio e transmuta-se quando menos esperamos.

Assim o velho brocardo romano se faz presente, pois, com tantas variáveis políticas e sanitárias, as eleições municipais em todo o Brasil estão marcadas por um caráter de dúvidas e incertezas.

Mais do que nunca a expressão “a sorte está lançada” se faz extremamente adequada ao momento político e social, repleto de incertezas e mudanças experimentadas por nós todos, pernambucanos e brasileiros.

O voto consciente é um fator de grande valia nos tempos atuais, já que ‘analfabetos políticos’ serão governados por uma minoria eleita por também uma minoria.A princípio, quando se fala em voto consciente, faz-se referência à importância de um voto tomado a partir de informações adequadas. Que apontem ao eleitor que o votado é quem está mais apto a atender às demandas da população. Além disso, trata-se também de um voto “desapegado”: antes de pensar em vantagens pessoais, o eleitor deve pensar na coletividade, nas pessoas que o rodeiam: o que elas querem? O que eu acredito que elas precisam? É esse tipo de questionamento que deve estar na mente de um eleitor na hora de definir seu voto.

Dessa forma, um voto consciente é feito com a consciência de que foi feita uma escolha adequada. Devemos ser capazes de dizer: com um conhecimento adequado sobre os candidatos em questão, escolhi aquele que acredito estar mais apto a gerir o patrimônio e o interesse públicos.

O poder só emanará do povo quando os mesmos entenderem que consciência política é uma questão de sobrevivência.

Alea jact est!

Chatô é escritor

Contato:

WhatsApp (14) 9.9705-7070
Fone: (14) 9.9705-7070
Email: contato@jornalabigornaavare.com.br