• testando

    Liturgia do André # 28 -  13 meses depois a verdade do Golpe de Jairzinho e a “cagada”

    206 Jornal A Bigorna 11/02/2024 12:50:00

    TODO MUNDO SABIA que estivemos muito, muito perto do golpe. Mas a decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes dá detalhes inéditos do plano de Jair Bolsonaro para golpear a democracia brasileira. O golpe foi minuciosamente arquitetado (em reuniões secretas e muitas mensagens de WhatsApp).

    O bolsonarismo levou seu golpe mais duro na manhã desta quinta, 8 de fevereiro. Exatos 13 meses depois dos atos golpistas que destruíram prédios públicos em Brasília.

    As investigações mostram que o plano foi executado por vários grupos da cúpula do governo Bolsonaro. O decreto trazia o arcabouço jurídico que sustentaria o golpe: a destituição dos ministros do STF e a prisão de Alexandre de Moraes.

    Owoo, Bolsonaro, como você disse mesmo na reunião de canalhas? — “ "Essa cadeira aqui é uma cagada, estar comigo é uma cagada. Vou explicar a cagada. Não vai ter uma cagada dessa no Brasil. Cagada do bem, deixar bem claro.”

    Cagada do bem?

    Bolsonaro deveria estar delirando. Jair foi o pior crápula, que já presidio este País, um sem noção, e verdade um cágado que se sentou na cadeira presidencial — uma aberração eleita e depois desleita.

    A reunião da alta cúpula do governo ocorreu em 5 de julho de 2022. À ocasião, Bolsonaro disse a ministros que era necessário agir antes das eleições para que o Brasil não virasse "uma grande guerrilha".

    Owoo, Bolsonaro, e aí virou guerrilha, aqui no Brasil? Virou Venezuela, como o 'gado' gosttava de falar e agora engole a seco? Àqueles que tem olhos e não conseguem enxergar?

    "Como é que eu ganho uma eleição? Um fudido, um fudido como eu, deputado baixo clero, escrotizado dentro da Câmara, sacaneado, gozado. Uma porra de um deputado, uma porra de um deputado, de 513. Não consigo entender como alguns não entendem o que está acontecendo."

    Owoo, Bolsonaro, você realmente é um pulha fudido e agora brochável.

    Em todas as acusações que pesam contra o ex-presidente, porém, há um longo caminho que deve ser percorrido para levá-lo à cadeia.

    É fato: a casa de Bolsonaro está barranco abaixo em declínio constante. Contudo, sua prisão está distante. Por um lado, é bom que seja assim, afinal é preciso de um sistema de justiça que ofereça ampla defesa a todos os cidadãos. Por outro, é lamentável ver peixes pequenos na cadeia enquanto o tubarão que conduz o cardume segue à solta. Isso representa mais o Brasil do que futebol e samba.

     

    OUTRAS NOTÍCIAS

    veja também