• testando

    O homem que não matou Hitler e poderia ter evitado a 2ª Guerra Mundial

    431 Jornal A Bigorna 11/02/2024 10:10:00

    No dia 28 de setembro de 1918, Henry Tandey, o soldado britânico mais condecorado da Primeira Guerra Mundial, esteve prestes a apertar o gatilho um militar alemão que estava derrotado.

    Essa ocasião inusitada, narrada posteriormente pelo próprio cabo alemão, poderia ter levado a História do século 20 a rumos um pouco diferentes.

    Por um instante, eles se olharam. O alemão não levantou a arma. Ficou em pé, esperando a morte inevitável.

    Tandey levantou o rifle e apontou para matá-lo. Mas baixou a arma. Não podia atirar em um homem ferido.

    O cabo alemão, que tinha 29 anos, que se chamava Adolf Hitler moveu a cabeça em sinal de agradecimento e se juntou às tropas que batiam em retirada.

    O soldado britânico afirmou um dia que se arrependera amargamente de não ter apertado o gatilho.(FatosDesconhecidos)

    OUTRAS NOTÍCIAS

    veja também