• testando

    Supostos membros do PCC são mortos pela Rota no centro de SP

    619 Jornal A Bigorna 23/05/2024 20:50:00

    Dois homens suspeitos de envolvimento com o Primeiro Comando da Capital (PCC) foram mortos a tiros por policiais da Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), na madrugada desta quarta-feira (22/5) na Avenida do Estado, no centro de São Paulo. Marcio Silva de Oliveira, conhecido como “Fatioli”, e outro suspeito teriam atirado contra os policiais antes de serem baleados.

    Embora tenham sido socorridos, ambos não resistiram. O óbito de Márcio foi constatado no Pronto Socorro do Tatuapé, na zona leste. O outro suspeito teve a morte confirmada tempo depois no PS Ipiranga, na zona sul.

    A Polícia Militar diz que a equipe da Rota recebeu a informação de que um indivíduo de nome “Marcio” transitava na região, com armas no carro, após sair de uma reunião do PCC. Segundo o relato, os policiais se depararam com um veículo com as mesmas características e tentaram fazer a abordagem. O motorista, no entanto, tentou fugir.

    Em dado momento, próximo ao número 8700 da Avenida do Estado, os suspeitos teriam descido do carro e começado a atirar contra a equipe da Rota.

    A PM afirma ter encontrado no porta-malas um fuzil Colt de calibre 5.56, carregadores e munições. Os suspeitos baleados estavam com uma pistola 9 mm e com um revólver calibre .38.

    Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o caso foi registrado como morte decorrente de intervenção policial e porte ou posse ilegal de arma de fogo de uso restrito no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que requisitou exames ao Instituto de Criminalística (IC) e ao Instituto Médico-Legal (IML).

    OUTRAS NOTÍCIAS

    veja também