• Doria diz que pretende se aproximar de Sérgio Moro

    Nacional
    602 Jornal A Bigorna 30/11/2021 17:00:00

    O governador de São Paulo, João Doria, escolhido pelo PSDB no sábado para disputar a Presidência da República em 2022, afirmou que pretende contar com a colaboração do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, em sua campanha.

    Em entrevista coletiva concedida na sede do diretório estadual do PSDB em São Paulo, Doria afirmou também que deverá se reunir com o ex-juiz Sergio Moro, possível candidato do Podemos à Presidência, quando voltar de uma missão empresarial nos Estados Unidos (ele embarca na quarta e volta no sábado).

    No mesmo evento, o governador anunciou que o secretário de da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles, será um dos seis integrantes do grupo que irá elaborar o plano econômico para o país que será defendido em sua campanha.

    Doria não quis falar sobre as especulações a respeito de uma chapa que tenha o ex-governador paulista Geraldo Alckmin (de saída do PSDB) como vice do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o mais bem colocado nas pesquisas até aqui. Disse que cabe ao ex-aliado falar sobre o assunto.

     

    OUTRAS NOTÍCIAS

    veja também